domingo, janeiro 27, 2008

Carnaval

Ola amigas , cá estou de volta depois de uma semana um bocado atribulada. Mas isso já passou e está tudo bem. Chegou o Carnaval em grande forma, com muita cor e alegria. Na noite passada já se ouviu samba toda a noite, pois que na minha cidade, o Carnaval é vivido com todo o furor. Para quem não sabe, Ovar é uma cidade com um grande historial no Carnaval. Pois é, mas este ano não vou participar no desfile, já a forcita não é igual, para aguentar tanta hora a sambar, mas as noites não perco uma. Convido-vos a espreitar o site http://www.ovar.com/ vão ficar a conhecer e talvez até com vontade de vir ver.Vou ficar à espera da vossa opinião. Beijinhos e uma boa semana. Volto breve.

quinta-feira, janeiro 17, 2008

Dieta saudável

De entre todos os factores incluídos na dieta, o aumento do consumo de frutas e vegetais oferece a maior protecção contra o cancro, sem nenhum tipo de contra-indicações.Quanto mais alimentos desse tipo ingerirmos, menor será o risco que corremos.O consumo de cerca de 400g/dia de uma variedade de vegetais e frutas, poderá diminuira incidência geral de cancro em pelo menos 20 por cento(Fundo Mundial de Investigação Oncológica).

Para além das frutas e dos vegetais, muitas plantas possuem propriedades de fortalecimento imunitário e existem provas sobre a sua influência em diferentes fases do processo de cancro. Falo do aloé vera, das equinácias, das azedas, do alho e de diferentes fontes naturais de anti oxidantes, incluindo o cardo mariano.

Contudo, todas estas plantas e extractos têm vindo a demonstrara sua capacidade ou para aumentar as probabilidades de defesa contra o cancro ou para fortalecer o sistema imunitário.

A vitamina A e o seu percursor, o betacaroteno, possuem propriedades anti -cancerígenas. Descobriu-se que quem sofre de cancro apresenta valores de vitamina A e de carotenóides bastante inferiores aos normais.

quarta-feira, janeiro 16, 2008

O stress e o cancro

É por demais sabido que é frequentemente diagnosticado cancro a pessoas que sofreram, há um ou dois anos, uma grande perda ou atravessaram um acontecimento traumático. Por norma, os cancros parecem ter um longo período de "incubação", manifestando-se habitualmente entre dez a quarenta anos após a exposição inicial a um carcinogéneo, como se verifica no caso da exposição ao fumo do cigarro e do amianto. No entanto, em casos de stress ou perda, a progressão é muito mais rápida. Com base no que se sabe, sobre os efeitos do stress e das perdas no sistema imunitário, é bastante provável que, nas pessoas que sucumbem ao cancro, o processo já se tivesse iniciado antes do acontecimento perturbador. Nessa altura, o stress enfraquece de forma dramática o sistema imunitário, permitindo que o processo acelere rapidamente. Por conseguinte, vamos viver a vida com muita serenidade e tirar partido de cada dia que passa. Para todas/os vós um grande beijo e vamos tocar tudo para a frente.

terça-feira, janeiro 08, 2008

Citações para ler e meditar

Se você está vivo, tem de sacudir os braços, saltar, fazer barulho, ri e falar com as pessoas, porquea vida é exatamente o oposto da morte.

Descobri que a busca pode ser tão interessante como o encontro. Desde que se vença o medo.

Se aceitarmos tudo o que há de errado em nós e, ainda assim, acharmos que merecemos uma vida alegre e feliz, então estaremos abrindo uma imensa janela para entrar o Amor - esta força que regenera tudo o que existe no Universo.

Os verdadeiros companheiros de um guerreiro estão ao seu lado em todos os momentos, nas horas difíceis e nas horas más.

quinta-feira, janeiro 03, 2008

Os nossos direitos

Em conversa com uma amiga, que por sinal , está no mesmo" barco", qual o meu espanto, quando ela me diz que, mulheres como nós(mastectomisadas) ,não estão a auferir dos seus direitos, por desconhecimento da legislação, à qual temos por direito, na nossa situação.Para elas, deixo aqui a informação: Ministério do Trabalho e da Solidariedade - Decreto-Lei nº92/2000 de 19 de Maio;www.infocancro.com onde podem obter toda o informação, sobre direitos e deveres do doente oncológico. Mais ainda, quero apelar para as Instituições Hospitalares, que têm o serviço de oncologia, darem a conhecer aos seus pacientes, das leis que os regem, a partir das assistentes sociais, dessas mesmas Instituições, pois a grande maioria da população , infelizmente, não tem grande cultura nem posses, para procurar os seus direitos.A vida é muito boa e tem que ser vivida, nunca vamos baixar os braços e, além disso estamos a começar um novo Ano.Um beijo grande e muita, mas mesmo muita força.