quinta-feira, janeiro 03, 2008

Os nossos direitos

Em conversa com uma amiga, que por sinal , está no mesmo" barco", qual o meu espanto, quando ela me diz que, mulheres como nós(mastectomisadas) ,não estão a auferir dos seus direitos, por desconhecimento da legislação, à qual temos por direito, na nossa situação.Para elas, deixo aqui a informação: Ministério do Trabalho e da Solidariedade - Decreto-Lei nº92/2000 de 19 de Maio;www.infocancro.com onde podem obter toda o informação, sobre direitos e deveres do doente oncológico. Mais ainda, quero apelar para as Instituições Hospitalares, que têm o serviço de oncologia, darem a conhecer aos seus pacientes, das leis que os regem, a partir das assistentes sociais, dessas mesmas Instituições, pois a grande maioria da população , infelizmente, não tem grande cultura nem posses, para procurar os seus direitos.A vida é muito boa e tem que ser vivida, nunca vamos baixar os braços e, além disso estamos a começar um novo Ano.Um beijo grande e muita, mas mesmo muita força.

5 comentários:

isa disse...

e tb estas aqui, afinal são 2 blogs, aparece, para falarmos mais vezes.beijos

Alda disse...

Olá Cinda! Posso tratar-te assim, e por tu?
Vou apresentar-me: sou a Alda e foi através do coment que deixas-te no blog da Isa que cheguei até ti!
Também tive cancro da mama!
Passa pelo meu cantinho, ficas a conhecer-me melhor.
http://viveroutravez.blogspot.com

Beijinho

Loulou disse...

Olá Lucinda, li o seu comentário no blog da Alda e resolvi aparecer.
Também sou uma amiga do peito, há 1 ano na luta contra este bicho feio.
Apareça no meu blog.

Beijinhos grandes
http://loulououicestmoi.blogspot.com/

Aida guimarães disse...

Afinal descobri que as minhas amigas do peito já por aqui andaram.... Já nos encontramos todas, sabias, ao vivo e a cores!!

Esses direitos e todos os esclarecimentos estão também num projecto que a nossa querida Nela e mais duas enfermeiras criaram e chama-se "Projecto Luz", exclarece todas as dúvidas e também ajuda quem anda perdido e não sabe o que fazer com esta maldita doença...

Beijocas mais uma vez

gusta disse...

Quando nos sentirmos sózinhas,olhemos para alua ou para o sol e veremos que eles também estão sózinhos e nem por isso deixam de brilhar!...O nosso brilho é mais intenso devido ao sofrimento,que nos torna mais maduras e fortes para enfrentar esta luta...não é fácil...Ganhamos novas amizades,que nos ajudam a dividir a dor e a angústia...Que encontremos razões para continuar vivendo,sorrindo e fazendo amigos. AUGUSTA...Bjos.