sexta-feira, março 28, 2008

Vida


Já perdoei erros quase imperdoáveis, tentei substituir pessoas insubstituíveis e esquecer pessoas inesquecíveis.
Já fiz coisas por impulso, já decepcionei com pessoas, quando nunca pensei decepcionar, mas também decepcionei alguém.
Já abracei para proteger, já dei risadas quando não podia, já fiz amigos eternos, já amei e fui amado, mas também já fui rejeitado.
Já fui amado e não soube amar.
Já gritei e pulei de tanta felicidade, já vivi de amor fiz juras eternas, "mas quebrei a cara"muitas vezes.
Já chorei ouvindo música e vendo fotos. Já liguei só para escutar uma voz, já me apaixonei por um sorriso.
Já pensei que fosse morrer de tanta saudade e tive medo de perder alguém especial ( e acabei perdendo) ! Mas sobrevivi e ainda vivo!
Não passo pela vida...e você também não deveria passar. VIVA!!!
Bom mesmo é ir à luta com determinação, abraçar a vida e viver com paixão, perder com classe e vencer com ousadia, porque o mundo pertence a quem de atreve e a vida é muito, para ser insignificante.


Charles Chaplin


Postei este texto, porque traduz um pouco da minha vida, e foi escrito por uma pessoa que me fez chorar no dia da sua morte. A VIDA é muito bonita, tem que ser muito bem vivida e bem tratada. Vivam e façam o favor de ser felizes. Bjs Cinda

quarta-feira, março 26, 2008

A Lia está fixe


Só vim cá mandar um recadinho da Lia. Estive a falar com ela ao telefone e pediu-me para vos transmitir que está tudo bem com ela. Esteve fora, mas também não tem tido net. Manda um beijo grande para todas.

Um dia para esquecer



Hoje foi o meu 1º dia de fisioterapia na nova clínica, em Espinho. O tratamento foi óptimo, as meninas são super simpáticas,saí da clínica cheia de boa disposição.Esta foi a parte boa, só que quando vinha no caminho para casa, mais uma vez, deram-me cabo do meu carrinho, que ainda à pouco tinha vindo de arranjar.
Parece que alguém me viu, de rabo para o ar.
Vinha calmamente na minha mão, quando uma fulana que estava estacionada, indevidamente no local, abriu a porta e desfez o lado direito do meu carro. Naquele momento só fiquei preocupada com o meu pai, porque estava desse lado. Nunca vi tanto vidro partido, foi cá um susto que nem vos conto.
Para acabar, esteve toda a tarde a chover e a ventar.
O lado positivo. Agora vou passar a andar a pé e lá vou conseguir emagrecer uns quilitos.

terça-feira, março 25, 2008

Parabéns


Porque a Aidinha hoje faz anos, um pequenino presente.
Beijocas muitassssssssssssss

segunda-feira, março 24, 2008

Uma boa noite

sweet dream comments Hoje o dia foi um pouco cansativo, não estou muito inspirada para vos falar sobre o fim de semana. Só vos quero dizer que a nossa Lena vem para Portugal dia 10 de Abril e que está tudo bem com ela. Uma boa noite a todos e uma óptima semana. Beijocas......

sábado, março 22, 2008

Porque hoje é sábado

Podem achar um pouco estranho o título, mas é efectivamente o sábado o dia da semana que mais gosto. Não sei porquê, possivelmente, porque é o 1º dia de descanso, após uma semana de trabalho.
Porque a minha inspiração hoje, está no auge, vou responder ao desfio que a Allen me propôs, à uns tempos atrás. Mas não pensem que ~fica só por aqui, vou desfiar mais alguém...no fim verão.
Se eu fosse um mês seria- MAIO
Se eu fosse um dia da semana seria-SÁBADO
Se eu fosse um número seria-13
Se eu fosse um planeta seria-PLUTÃO
Se eu fosse uma direcção seria-A MAIS CORRECTA
Se eu fosse um móvel seria- MESA
Se eu fosse um líquido seria -ÁGUA
Se eu fosse um pecado seria - PUNIDA
Se eu fosse uma pedra seria - GRANITO
Se eu fosse um metal seria - FERRO
Se eu fosse uma árvore seria - AMENDOEIRA
Se eu fosse uma fruta seria - MANGA
Se eu fosse uma flor seria - TULIPA
Se eu fosse um clima seria - PRIMAVERA
Se eu fosse um instrumento musical seria - PIANO
Se eu fosse um elemento seria - FOGO
Se eu fosse uma cor seria - VERMELHA
Se eu fosse um animal seria - MOSCA (às vezes apetece)
Se eu fosse um som seria - GRAVE
Se eu fosse uma letra de música seria - PEDRA FILOSOFAL
Se eu fosse uma canção seria - PAIXÃO
Se eu fosse um estilo de música seria - ROCK
Se eu fosse um perfume seria - RIVE GAUCH
Se eu fosse um sentimento seria - ALEGRIA
Se eu fosse um livro seria- OS DIREITOS DO HOMEM
Se eu fosse uma comida seria - PARA TODOS
Se eu fosse um lugar seria - ATENAS
Se eu fosse um gosto seria - BOM
Se eu fosse um cheiro seria - CHOCOLATE
Se eu fosse uma palavra seria - CINDA
Se eu fosse um verbo seria - VIVER
Se eu fosse um objecto seria- LÂMPADA
Se eu fosse uma roupa seria - JEANS
Se eu fosse uma parte do corpo seria - OUVIDOS
Se eu fosse uma expressão seria - SORRIR
Se eu fosse um desenho animado seria - BIP-BIP
SE eu fosse um filme seria - COM MUITA COR
Se eu fosse uma forma seria - ESFERA
Se eu fosse uma estação seria - PRIMAVERA
Se eu fosse uma frase seria - EU TENHO MUITA VONTADE DE VIVER

E agora desafio...........................
Isa Guerreiro
Imel
Sónia Ribeiro
Lueji Pestana
Aida Guimarães
Lia

Vamos lá ver quem vai ser a primeira...............
Beijocas Cinda

sexta-feira, março 21, 2008

Um dia para não esquecer


Para muitos, hoje foi mais um dia como outro qualquer, ou mais uma sexta-feira santa, para outros.
Para mim, foi um dia bem diferente, como terá sido certamente para ...
Para vos fazer um bocadinho de inveja.....eu hoje fui conhecer a nossa querida Sónia. É verdade, a menina veio passar a Páscoa a casa da família, aqui para os lados de Cantanhede, mais propriamente na Tocha.
Vai daí, como o dia estava com um bonito sol, fui dar uma volta, com a minha prima Cristina por aqueles lados, para conhecer a simpática Sóninha que é um amor, assim como mos seus filhotes e restante família.
Para quem tem andado atenta aos blogs, também vos tenho a dizer, que conheci pessoalmente, as suas cabrinhas, que já são umas grandes cabras.
Foi um dia diferente a não mais esquecer. Prometo que vamos repetir.
Que tal ? Estamos bem? A foto foi tirada á porta do café da mãe. Foi o melhor que se pode arranjar, o telele não é bem uma máquina fotográfica.
Um óptimo fim de semana e uma Santa Páscoa.
Beijocas Cinda

quinta-feira, março 20, 2008

Mininha

Obrigada por me teres mandado este texto, para que eu, o pudesse partilhar com todos aqueles que lerem o meu cantinho. Fizeste com que me revesse neste texto, e tu bem sabes. Um bem haja.

Atitude

Para reflectir

Uma mulher acordou uma manhã após a quimioterapia, olhou-se ao espelho e percebeu que tinha somente três fios de cabelo na cabeça.- Bom (disse ela), acho que vou fazer uma trança com os meus cabelos hoje. Assim ela fez e teve um dia maravilhoso.
No dia seguinte ela acordou, olhou-se ao espelho e viu que tinha somente dois fios de cabelo na cabeça.
- Hummm (disse ela), acho que vou repartir o meu cabelo ao meio hoje. Assim ela fez e teve um dia magnífico.
No dia seguinte ela acordou, olhou-se ao espelho e percebeu que tinha apenas um fio de cabelo na cabeça.
- Bem (disse ela), hoje vou amarrar meu cabelo como um rabo de cavalo. Assim ela fez e teve um dia divertido.
No dia seguinte ela acordou, olhou no espelho e percebeu que não havia um único fio de cabelo na cabeça.
- Yeeesss... (exclamou ela), hoje não tenho que pentear o meu cabelo.

ATITUDE É TUDO!
Sê mais humano e agradável com as pessoas.
Cada uma das pessoas com quem convives está a travar algum tipo de batalha.
Vive com simplicidade.
Ama generosamente.
Cuida-te intensamente.
Fala com gentileza.
E, principalmente, não reclames.
Preocupa-te em agradecer pelo que és e por tudo o que tens!
Tem um excelente dia!!!

quarta-feira, março 19, 2008

19 de Março dia do Pai

Dedico o texto que aqui vou trancrever, ao homem que mais amo, e que sempre esteve e está do meu lado e que me transmite a maior força e segurança: o meu PAI.

Este texto tem também um significado especial, porque foi escrito por um homem, que será insubstituível, pois marcou-nos a todos pela sua serenidade, bondade e capacidade de perdoar.

O amor dos pais transforma-se de fonte em alma,
passando depois a norma, inspirando e orientando todo
o trabalho concreto da educação, enriquecendo-o com os
valores da ternura, constância, bondade, serviço e espírito de sacrifício que são os mais preciosos frutos do amor.


João Paulo II

quinta-feira, março 13, 2008

Quase fim de semana


Esta semana tenho andado muito preguiçosa, tenho postado alguns textos que considero interessantes e que nos dão algumas lições de vida.

Mas vamos lá deixar de filosofar, e aqui vai o que interessa.


A nossa amiga Lena, que foi passar uns dias ao hotel de cinco estrelas lá na Suíça, mandou-me hoje um SMS, a dizer que está a correr tudo bem, já lhe tiraram o cateter, que lhe fizeram uma limpeza ao intestino e amanha vai fazer a colonos copia e se estiver tudo bem, já volta para casa sexta feira à tarde. Pediu para vos avisar e manda um beijinho para todas.


A outra parte, é que me apeteceu dar uma de bom boca e cá estou eu, como podem ver na foto, toda relaxadinha, a por-me bonita para o aniversário da minha amiga Lígia. Sim, porque no ano passado, estava carequinha e com um ar balofo.
Bom, hoje vou ficar por aqui, mas amanha, prometo que volto com mais novidades.
Vou ao restaurante tomar café para comemorar o aniversário.Beijocas para vocês,Cinda.

segunda-feira, março 10, 2008

O pote rachado



Havia na Índia um carregador de água que transportava - em ambas as pontas de uma vara que levava atravessada no pescoço - dois potes grandes de barro.Um dos potes tinha uma racha e o outro era perfeito.O pote perfeito chegava sempre cheio ao final do longo caminho que ia do poço até à casa do patrão.Mas o pote rachado chegava apenas com metade da água.E assim, durante dois anos, o carregador entregou diariamente um pote e meio de água em casa do seu senhor.O pote perfeito, é claro, estava orgulhoso do seu trabalho. O pote rachado, porém, estava envergonhado da sua imperfeição. Sentia-se miserável por apenas ser capaz de realizar metade da tarefa a que estava destinado.Depois de perceber que, ao longo de dois anos, não tinha passado de uma amarga desilusão, o pote disse um dia ao homem, à beira do poço:- Estou envergonhado e quero pedir-te desculpa. Durante estes dois anos só entreguei metade da minha carga, porque a minha racha faz com que a água se vá derramando ao longo do caminho. Por causa do meu defeito, tu fazes o teu trabalho e não ganhas todo o salário que os teus esforços mereciam.O homem ficou triste com a tristeza do velho pote, e disse-lhe com compaixão:- Quando voltarmos para casa do meu senhor, quero que repares nas flores que se encontram à beira do caminho.De facto, à medida que iam subindo a montanha, o pote rachado reparou em que havia muitas flores selvagens à beira do caminho e ficou mais animado.Mas no final do percurso, tendo-se vazado mais uma vez metade da água, o pote sentiu-se mal de novo e voltou a pedir desculpa ao homem pela sua falha.Então, o homem disse ao pote:- Reparaste em que, ao longo do caminho, só havia flores de teu lado? Reparaste também em que, quando vínhamos do poço, todos os dias, tu ias regando essas flores? Ao longo de dois anos, eu pude colher flores para ornamentar a mesa do meu senhor. Se tu não fosses assim como és, ele não poderia ter essa beleza para dar graça à sua casa.


Dedico este texto a todos aqueles que, por qualquer razão,possam ter alguma incapacidade, podem ter, tanto ou mais valor, do que o mais perfeito dos mortais( se o houver).

Estamos na quaresma, é altura de reflexão, de pensar na vida e reflectir, vamos todos juntos tentar um mundo melhor, mais justo e mais honesto. Sei que é uma utopia, mas também sei que todos nós queremos.

Mais uma estrela no céu


Ontem a Buba subiu ao Céu, para olhar por todos nós. Que descanse em Paz, a sua alma.

sábado, março 08, 2008

Um bom fim de semana


Para todas as MULHERES e para todos quantos possam ler estas mensagens, um óptimo fim de semana, e pensem nas mulheres da vossa vida, que sem elas nunca voçês teriam existido.

Mas que sentimentalista...............

Tenham um divertido fim de semana e vivam as mulheres.

domingo, março 02, 2008

Recordações







Hoje , quando arrumava as fotos, em pastas no meu computador, encontrei estas imagens, entre outras, que me trouxeram uma grande saudade. Belgais. Numa escola rural da vizinha aldeia da Mata, bem no interior de Portugal, onde , antes, só se aprendia a ler e a fazer contas, a educação artística despontou.


Belgais é um paraíso no meio de um paraíso. O seu enquadramento na paisagem é perfeito, desde o canto da cigarra e o silêncio da terra, o voo da ave reflectido na água da piscina, até ao murmúrio do vento.


Dentro e fora das casas que compôem o complexo cultural e artístico, fundado por Maria João Pires - uma das maiores celebres pianistas da actualidade -sente-se um equilíbrio entre o interior e o exterior.


Quando visitei Belgais, estava acompanhada por professores, pais e alunos da Academia de Música do Orfeão de Ovar. A visita, foi no âmbito de dar a conhecer aos alunos, o que temos no nosso país, motivando-os para um maior interesse cultural.


Foi um dia de muito calor, uma viagem muito cansativa, mas que valeu por tudo o que vimos, pela forma como fomos recebidos e pelo concerto que nos foi facilitado assistir.


Para mim, foi um momento muito importante, ter sido recebida, por aquela. que com toda a justiça, é uma diva do piano. A sua simplicidade e simpatia, para com todas estas crianças e adolescentes, não deixando nenhum sem um beijinho, nem autógrafo, tem um valor incalculável, que os nossos governantes não souberam manter e ajudar.


Já lá vão quase cinco anos, mas um destes dias, vou voltar lá para rever todo aquele espaço digno de ser conhecido e divulgado, aos nossos jovens que gostam de arte e que, na maioria das vezes, as portas lhes são fechadas.



Vive para te sentires vivo



ESTAR VIVO! - poema de Pablo Neruda
Morre lentamente quem não viaja,quem não lê, quem não ouve música,quem destrói o seu amor próprio,quem não se deixa ajudar.
Morre lentamente quem se transforma escravo do hábito,repetindo todos os dias o mesmo trajecto,quem não muda as marcas no supermercado,não arrisca vestir uma cor nova,não conversa com quem não conhece.
Morre lentamente quem evita uma paixão,quem prefere o "preto no branco" e os "pontos nos is"a um turbilhão de emoções indomáveis,justamente as que resgatam brilho nos olhos,sorrisos e soluços, coração aos tropeços, sentimentos.
Morre lentamente quem não vira a mesa quando está infeliz no trabalho,quem não arrisca o certo pelo incerto atrás de um sonho,quem não se permite, uma vez na vida, fugir dos conselhos sensatos.
Morre lentamente quem passa os dias queixando-se da má sorte ou daChuva incessante, desistindo de um projecto antes de iniciá-lo,não perguntando sobre um assunto que desconhecee não respondendo quando lhe indagam o que sabe.
Evitemos a morte em doses suaves, recordando sempre que estar vivoexige um esforço muito maior do que o simples acto de respirar.Estejamos vivos, então!