domingo, maio 25, 2008

4 comentários:

laura disse...

*****

Parabéns ao Basquetebol.
É bom que se comece a dar valor a outras actividades, baaaaaaasta de futebol....

Quanto às Meminas do Furadoras, foi um sucesso!
Ai, se eu pudesse ir... não é muito longe.
Mas a minha vida não dá.
Bjs.
laura

IsaLenca disse...

Aqui deixo uma notícia fresquinha com muito interesse de divulgação:

Cancro da mama: Hospitais da Universidade de Coimbra com mamógrafo digital para diagnóstico mais precoce
Coimbra, Portugal 27/05/2008 14:42 (LUSA)

Coimbra, 27 Mai (Lusa) - A detecção de lesões muito pequenas do cancro da mama, diagnosticando-o numa fase mais precoce, é o que permite o mamógrafo digital oferecido hoje pela empresa Avon Portugal aos Hospitais da Universidade de Coimbra (HUC).

"É um equipamento de alta tecnologia, que permite fazer diagnósticos nalgumas situações em que a tecnologia tradicional não dava tão bons resultados", frisou o director do Serviço de Ginecologia e presidente da Comissão Oncológica dos HUC, Carlos Oliveira.
Ao intervir na sessão de divulgação do contributo daquela empresa, que decorreu hoje na sala de posses do conselho de administração dos HUC, Carlos Oliveira adiantou que este equipamento "permite aprofundar o diagnóstico e detectar lesões muito pequenas, de cinco milímetros e menos, numa fase muito precoce" do cancro da mama.
"É uma mais-valia em mamas densas, em gente nova, nas famílias com tumores hereditários em que o cancro surge em mulheres muito jovens", adiantou o professor catedrático da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra.
Destacando também as potencialidades do aparelho, que tem o valor de 450 mil euros, o presidente do conselho de administração dos HUC, Fernando Regateiro, lembrou a "elevada prevalência" do cancro da mama, que afecta uma em cada 10 a 11 mulheres.
"Tudo o que fizermos a este nível é pouco e nós queremos fazer muito. Com o apoio da Avon podemos fazer mais e melhor", referiu, ao acentuar que o evento de hoje representa "um momento feliz de interacção entre uma instituição de saúde, os HUC, e a indústria".
Segundo Filipe Caseiro Alves, director do Serviço de Imagiologia dos HUC - onde o mamógrafo digital está a funcionar - este equipamento "permite utilizar uma ferramenta poderosíssima, o diagnóstico assistido por computador".
"Ajuda os médicos a falhar menos, permite um grau de acerto para a localização das lesões muito maior", realçou Filipe Caseiro Alves, ao destacar igualmente a sua "excelência na qualidade de imagem".
De acordo com o director-geral da Avon Portugal, Rui Rodrigues, este é o terceiro mamógrafo digital doado pela empresa, que está a apostada em oferecer um quarto aparelho à Região Autónoma da Madeira.
Na sessão estiveram também presentes o director de recursos humanos da Avon Portugal, Fernando Monteiro, e outros responsáveis desta empresa, bem como a médica Manuela Gonçalo, do Serviço de Imagiologia que, depois, fez uma demonstração do funcionamento do aparelho.
Na cidade existia já um mamógrafo digital no Instituto Português de Oncologia de Coimbra Francisco Gentil - EPE.

Cinda disse...

Boa!!!Estas noticias é que são boas.
Quem sabe se mais alguém toma a mesma iniciativa e temos mais centros de despistagem como este.

Aida guimarães disse...

Parabéns ao Ovarense pelo campeonato nacional!! Só não achei piada o Ovarense ter ganho ao meu F.C.Porto!!

Beijocas grandes e grandes