segunda-feira, setembro 22, 2008

Chegou o Outono




Mais uma estação do ano que começa.
Não é muito agradável, pois tudo começa a ficar mais escuro, as folhas das árvores começam a cair e com um tom amarelado.
Também nós ficamos mais tristes e melancólicos.
Em contrapartida, as paisagens têm um não sei quê de misterioso, que nos fazem meditar e analisar o nosso eu.
Hoje está um dia chuvoso, triste e a imensidão do mar que observo, faz com que tudo para mim possa estar perto e longe em simultâneo.

Uma árvore em flor fica despida no outono. A beleza transforma-se em feiúra, a juventude em velhice e o erro em virtude. Nada fica sempre igual e nada existe realmente. Portanto, as aparências e o vazio existem simultaneamente.
Dalai Lama

Se um dia lágrimas vierem ao seu rosto, não pense no porque! Pense nas folhas do outono, elas não caem porque querem, e sim porque chegou a hora.
Raphael Bacellar

9 comentários:

Alda. disse...

Olá Cinda,
Todas as estações do ano têm a sua beleza, o cair da folha, e as suas cores amareladas têm uma certa nostalgia que gosto...Convida à reflexão...
Beijinhos, e até sábado.

Lia disse...

Que texto profundo...mas já estou como a Aldinha... convida a reflexão...apesar de a mim me trazer nostalgia:0(beijinhos para as duas.

Isa disse...

Que poética que está a menina!...
Eu, gosto muito do Outono, parece que chove, mas não chove... parece que vai fazer sol, mas não fáz... um pouquito de vento...Eu gosto!
Isabel Alegria

Isa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Isa disse...

Olá Cinda!
Acabo de vir do blog da minha nora "Pequeno Farol", que tu visitaste e no qual deixaste palavras de encorajamento.
A vida prega-nos algumas partidas e põe-nos à prova, mas ela já deu provas de ser uma mulher muito forte e determinada. Claro que as coisas na vida dela ainda estão muito recentes, e se eu me lembro e tenho saudades dos meus pais que faleceram quando eu era praticamente criança, 16 anos, que fará ela...
No último ano, para atar os molhos, também eu tinha que lhes pregar um susto!...
Mas a minha neta, que conheceste na praia do Furadouro, vai dar-lhe a motivação e a força que ela precisa para arrebitar, isto é só um pouco de cansaço...
Cinda, só mesmo tu para dar força e coragem, admiro-te por isso!
Continua assim!
Um beijo de muita amizade.
Isabel Alegria

Nela disse...

Beijinhos

Querubim disse...

Veio e com chuva beijinhos e boa semana

May Alek disse...

Olá, Cinda!
Obrigada pela mensagem que deixou no meu blog.
Aqui começa a primavera, estação de luz e cor. Eu gosto de todas as estações, mas adoraria ver de perto o seu outono, caminhar pelas alamedas alaranjadas... Aliás, esta imagem do outono que você colocou no seu blog é a mesma que tenho como papel de parede no meu computador.
Beijos e boa semana pra você.

IsaLenca disse...

Todas as estações têm a sua beleza, sempre com cores e cheiros diferentes. E é muito bom passar por todas as estações- esta é uma forma espectacular de efectuar uma renovação em tudo. É um pouco como nós: uns dias mais cinzentos, outros chuvosos, outros primaveris e outros plenos de luz e energia. O importante mesmo é não estagnar nunca e aproveitar tirar o o essencial de todas as estações. Venham muitas mais!
Bjs