quinta-feira, outubro 30, 2008

Porquê rosa ?



No mundo Ocidental, o rosa é a cor as mulheres. Quando nasce uma rapariga tudo é rosa, enquanto que se for um rapaz o azul é a cor escolhida.
Ao mesmo tempo o rosa é uma cor brilhante, vibrante e forte. Tudo o que o cancro não é.
O cancro da mama é uma doença muito particular, sendo que o peito é uma parte importante da mulher.
Todos os movimentos de aumento da consciencialização bem como o apoio para a procura da pesquisa são muito positivos. Laço Cor-de-Rosa não é somente um símbolo para o cancro da mama, mas também um símbolo para a marcha de Dime e do seu esforço na luta dos nascimentos prematuros para salvar os bebes e descobrir a cura para deficiências após o nascimento. O Laço Cor-de-Rosa representa também os pais biológicos e o cancro nas crianças. É também comum que os documentos entregues a um advogado inglês sejam amarrados com um laço cor-de-rosa.


Este texto foi tirado da Wikipédia.
Hoje é o dia rosa.

domingo, outubro 26, 2008

Uma nova experiência


Sim. Posso dizer que foi uma experiência nova que vivi hoje em Rio Maior.
Foi a primeira vez que pisei o palco para fazer representação.
Gostei, descobri que talvez haja um bichinho aqui dentro, ainda por acordar.
O projecto é desafiador, as actrizes são "reais" e o ensaiador cativa.
Só posso dizer que gostei, vou voltar e quero sem dúvida participar até ao final.
Obrigada à Cristina, ao Rui e a todas vós.
PS: obrigada Tila e Alexandre

sábado, outubro 25, 2008

A pessoa idosa

Cada vez mais, a nossa população vai sendo menos jovem e mais cuidados são necessários para que possa ter qualidade de vida.
Ontem tive o prazer de estar presente num Seminário de Geriatria " A Pessoa Idosa com Disfunções Motoras", promovido pela APPA - Associação Fraterna de Prevenção e Ajuda.
Na realidade a maioria de nós, que ainda somos considerados jovens, ou a caminho da meia idade, não temos a percepção correcta das necessidades do idoso. A partir de determinada idade achamos que a pessoa se torna chata, rabujenta, teimosa, implicativa, toda uma série de situações que para nós que ainda estamos na vitalidade das nossas funções sensoriais e motoras, nos custa um pouco a compreender e a aceitar.
Pois ontem para mim o seminário foi muito proveitoso para poder compreender melhor tudo o que vai na cabeça da pessoa, que com o passar dos anos ou por questões de saúde, acaba por ir perdendo as suas faculdades.
Só tenho a agradecer a quem me convidou e a todos que participaram com os seus conhecimentos profissionais e humanos, por me terem ajudado a ver com olhos mais conhecedores, as pessoas idosas e muito particularmente os meus "Pais".

terça-feira, outubro 21, 2008

Porquê a mentira?

Existem coisas que acontecem ,as quais nunca pensamos ser possível alguém poder fazer ou pensar.

Esta frase é só uma pequena introdução à história que vos quero contar.HÁ uns meses atrás, fui abordada por um amigo. Pediu-me que o contactasse, pois poderia ser que eu ajudasse a sua companheira. Esta abordagem, foi feita após ter lido o meu blog. Eu como sempre, tipo INEM, lá fui saber do que realmente se tratava.
O meu amigo e a companheira receberam-me na sua casa, e qual o meu espanto, quando me diz que ela tinha leucemia crónica. Fiquei de imediato disponível para a ajudar, até porque, segundo eles, os pais não eram favoráveis àquela união, por causa da diferença de idades entre eles ser muito grande.
Desde aí, passei a frequentar a casa, no intuito de ajudar e até de a acompanhar às consultas que dizia fazer.
Nunca pus em causa a doença, até porque me foi transmitida por ambos. A sua forma de estar e tudo o mais assim o indicava. Não estava a trabalhar, o que para mim era normal, sentia-se cansada, triste e com pouca vontade de dar a volta a toda a situação.
Com o passar dos dias, e como já tínhamos mais confiança, propus a vinda dela para o Hospital de S. Sebastião, uma vez que eu estava a ser seguida por lá e era mais fácil em todos os sentidos.
Os dias e as "consultas" seguiam-se e nunca havia possibilidade de eu estar presente, por isto ou por aquilo, ou porque o pai a acompanhava. Quanto a isso nada tinha a interpor.
Uma das vezes que tive de me deslocar ao hospital, até cheguei a perguntar qual a possibilidade de admitir mais um doente, o que me foi logo facilitado sem qualquer objecção.
O tempo foi-se passando e ia-me transmitindo que o seu estado estava cada vez pior e que o companheiro não a ajudava, sentindo-se cada vez mais só, chegando a propor-me que, se alguma vez eu fosse questionada por ele que não lhe respondesse.
Não achei lá muito correcto, mas quem sou eu para me interpor entre casal? Até porque me dizia sempre que o "pai" a acompanhava, o que eu achava muito louvável.
O tempo foi passando, os contactos presenciais foram escasseando assim como o contacto telefónico, era apenas por SMS.
Na passada terça-feira o bomba explodiu.
A companheira do meu amigo, não tem doença nenhuma do foro oncológico, aproveitou -se sim, com essa mentira, para extorquir dinheiro a algumas pessoas, alegando que tinha de fazer pagamentos e que seriam restituídos após finalizar um "negócio" que nunca existiu, acabando por enganar tudo e todos.

Não sei porque vos conto tudo isto!!!Sei apenas que fiquei demasiado magoada, porque não se brinca com uma doença tão grave, quando ha pessoas que estão a lutar agarradas à vida para combater o "BICHO".Eu lutei e continuo a lutar para estar viva. Como pode ser possível alguém fazer uma coisa destas!!!
Minhas Amigas/os, não nos deixemos enganar, porque estas pessoas são doentes sim, mas da mentira (Pseudolalia).

domingo, outubro 19, 2008

I Feira do Pão em Ovar

































A Junta de Freguesia de Ovar, promoveu hoje a I Feira do Pão em Ovar.
Este evento decorreu no Jardim dos Campos, onde foi possível adquirir vários tipos de pão, tais como o Pão São que veio do Museu do Pão, o Pão de Deus, o Pão da Avó, o Pão de Soja, as padas de Ul, que eu já não consegui comprar porque esgotaram de imediato, devido à sua grande fama.
Não poderia faltar o tão afamado Pão de Ló de Ovar.
Assim para manter a dieta, vai daí, comprei um gostoso Pão de Canela e dois Pães com Chouriço.
Estão a ver o resultado!!! Agora estou a beber chá e a comer o meu pão integral, feito pela nossa amiga Margarida.
Não tenho emenda mesmo...
Mas como sempre de máquina na bolsa, vão aqui algumas fotos para vos aguçar o apetite.








sexta-feira, outubro 17, 2008

Um quinto das crianças em risco de pobreza




CARLA AGUIAR
Pobreza. Relatório da Comissão Europeia diz que Portugal é o segundo país da UE onde o risco de pobreza infantil é maior. A subida do desemprego, o baixo nível de vida e a elevada taxa de abandono escolar são factores que explicam o retrato negro
Uma em cada cinco crianças portuguesas está exposta ao risco de pobreza, o que faz de Portugal o País da União Europeia, a seguir à Polónia, onde as crianças são mais pobres ou correm maior risco de cair nessa situação.

O retrato negro consta do relatório conjunto sobre a protecção social e inclusão que é hoje apresentado em Bruxelas (Bélgica) e que deverá ser adoptado no dia 29 pelo Conselho de Ministros do Emprego e Segurança. O mesmo relatório permite concluir que a situação portuguesa nesta matéria não só piorou em termos absolutos face ao último balanço realizado sobre a matéria em 2005 ( referente a rendimentos apurados em 2004) como também ficou mais isolada em termos comparativos.

Portugal em penúltimo

No balanço anterior, o nível de exposição à pobreza infantil em Portugal estava em 20% e alinhava com países como a Espanha, Irlanda e a Grécia, estando, ainda assim, abaixo dos níveis registados na Lituânia e na Polónia. Agora, de acordo com dados do novo relatório, o risco de pobreza infantil só é pior na Polónia, e já superou o patamar de 20%.

Uma situação que está relacionada com a escalada do desemprego em Portugal. Enquanto em 2004, Portugal ainda apresentava das taxas de desemprego mais baixas de toda a União Europeia, nos últimos anos, a situação inverteu-se.

Em Julho do ano passado, por exemplo, Portugal já era, a par de países como a Grécia, Polónia e Eslováquia, um dos três países com as mais elevadas taxas de desemprego, em torno dos 8,2%.

Baixos salários

O desemprego não é, no entanto, o único factor a explicar o crescimento do risco de exposição infantil à pobreza, que remete também para o baixo nível salarial praticado em Portugal, para a crescente precariedade do emprego ou para níveis mais baixos de transferências sociais.

Nunca é demais lembrar que mais de 20% da população empregada tem actualmente contratos a prazo - que não garantem estabilidade de rendimentos - e que o salário mínimo não vai, este ano, além dos 426 euros. Em 2006, por exemplo, o salário médio nacional rondava os 712 euros.

Isso mesmo é possível concluir do relatório conjunto sobre protecção social e inclusão, quando refere que o risco abrange tanto as crianças que vivem no seio de famílias desempregadas como as que vivem em lares onde os pais estão empregados.

Isto, porque, de acordo com dados do Eurostat de 2005, relativos a rendimentos de 2004, os trabalhadores portugueses são, juntamente com os polacos, os que apresentam a mais elevada taxa de risco de pobreza, em torno dos 14%, no seio da União Europeia. Ou porque os salários não são suficientes ou porque o emprego não é sustentável.

Mesmo assim, relativamente ao risco para as crianças, há outros países que partilham com Portugal níveis relativamente altos de pobreza, como sejam a Espanha, Grécia, Itália, Letónia, Lituânia, Luxemburgo e Polónia.

"É uma situação que tem de ser superada, porque afecta direitos básicos de cidadania", afirma Armando Leandro. O presidente da Comissão Nacional de Protecção de Crianças em Perigo diz mesmo que "o combate à pobreza deve ser um desígnio nacional" e que existem já iniciativas para a combater. O responsável separa a situação da pobreza do risco para a criança, mas refere que há perigos, como "menor disponibilidade dos pais ou menor escolarização"

Os estudos realizados sobre a pobreza coincidem na conclusão de que os riscos de pobreza aumentam nas famílias com crianças e idosos, mas também, e sobretudo, nas famílias monoparentais.

Deficiente alimentação

A situação de desestruturação familiar é apontada pela presidente do Banco Alimentar, para explicar "o agravamento das condições de vida" de muitas famílias. "Muitas crianças apenas se alimentam com o que lhes é servido nas instituições de solidariedade social, nem sequer tomam pequeno-almoço em casa", disse Isabel Jonet. Acrescentando que "quando vão de férias regressam mais magras".

O abandono escolar é outro factor incontornável para medir o risco de exposição infantil à pobreza, sabendo--se que os desníveis nas qualificações são a causa fulcral das desigualdades sociais. A este respeito, Portugal também está numa posição preocupante: a percentagem de jovens até os 24 anos com baixa educação secundária era de 39% em 2006 (ano lectivo de 2004-2005), a segunda pior de toda a União Europeia, a seguir a Malta. A taxa de abandono escolar baixou entretanto para valores da ordem dos 35%, mas, ainda assim, Portugal continua, neste campo, na cauda da União Europeia. com RUTE ARAÚJO e LUSA

terça-feira, outubro 14, 2008

Tarde de ansiedade


Hoje fui à Liga Portrugues Contra o Cancro, com a minha prima Cristina.
Mais uma daquelas terdes de ansiedade, em que pensamos o pior...
Mas Graças a Deus está tudo bem. Havia umas dúvidas, quando da mamografia efectuada no rastreio, tendo-se concluído que eram apenas umas mamas fibrosas.
Nem vos conto o que passei com esta rapariga, só faltou fugir como os putos, quando vão ao dentista.
Hoje foi tudo muito leve, apenas tirar dúvidas e avisar que têm de continuar a ser seguidas.

Em cima do balcão do voluntariado recolhi uns panfletos, para nos fazer lembrar que este mês de Outubro é o mês rosa. Achei por bem dar a conhecer a iniciativa que o movimento Vencer e Viver, em colaboração com a LPCC, vai realizar.
Almoço Rosa, dia 25 de Outubro de 2008 pelas 12,30h.
Preço: 20 euros por adulto e 10 euros por crianças até aos 10 anos.
Local: Ordem dos Médicos, rua Delfim Maia, 405-Arca D"Água - Porto

As inscrições podem ser feitas todas as manhãs nos seguintes locais:
-Clínica da Manma-IPO-telf.225 084 000-ext 3458
-Sala de Prótese-IPO-telf.225 084 000-est1261
-Sala do Voluntariado do IPO-telf.225 084 000
-L.P.C.C. Areosa- 09.00h às 17.00h - telf. 225 492 423

Vamos lá ver se conseguimos tirar um bocadinho do nosso tempo para estar presente neste evento. Vamos todos colaborar e ajudar nesta causa que tantas vezes precisa de uma voz, um miminho, um sorriso para continuar.

segunda-feira, outubro 13, 2008

O significado do treze

O número 13 representa o recomeço, já que é o número do sistema organizado e do término. Este número é o símbolo do determinado e particular, associado à finalização (benéfica).
O 13 é um número atribuído ao azar em muitas culturas e em atenção a essa tradição é costume em alguns países não haver andares com o número 13 nos prédios.
Nas corridas de Fórmula 1 geralmente não existe o carro com o número 13.
Quem tem medo do número treze sofre de triscaidecafobia.

Cardinal - Treze

Ordinal - décimo terceiro


Depois de escrever tudo isto, vão perguntar, porque será que lhe deu para falar do Treze?

Pois então. é o meu número preferido.Foi a 13 de Maio que Nossa Senhora apareceu aos pastorinhos pela primeira vez, assim como, foi a 13 de Outubro a sua última aparição.

quarta-feira, outubro 08, 2008

Parabéns à Isa Iluminada


Esta caroca larocas, faz hoje aninhos.
Já lhe dei os parabéns logo de manhã, mas como ela diz, sempre a trabalhar.
Que este dia se vá repetindo, ano após ano, e que te possamos mandar muitos beijinhos.
PS: não sei de merecias...és muito faltosa.
Beijocas grandes e fofas.
Cinda

segunda-feira, outubro 06, 2008

Mais uma tarde de conversa

Hoje passei parte da tarde com a Isabel Alegria, que vocês já conhecem.
Não foi muito do nosso agrado, pois fomos interrompidas por uma amiga minha, que não nos possibilitou por a conversa em dia.
Mas nada mau, deu para falar um pouquinho e para decidir-mos estar mais vezes juntas.
Foi pouco tempo, mas já deu para ver que está bem.
Parece impossível, mas é verdade. Esqueci-me da máquina fotográfica e as fotos que tirámos com o telemóvel, não vão dar para postar. porque não sei onde está o cabo.
Fica para a próxima que vai ser brevemente.
Beijocas a todas.

sábado, outubro 04, 2008

Dia internacional dos animais.














































Qual o meu espanto, quando hoje ao chegar ao centro comercial para fazer umas compras, deparei com com um cartaz e varias voluntárias da APADO, solicitando aos transeuntes uma ajuda, para que se possa manter o canil em condições dignas.
Em simultâneo e num dos parques de estacionamento, decorria uma mostra de exercícios executados por cães do Canil D"Maria, da G N R e da Base Aérea de Maceda.
Foi um espectáculo digno de ser visto, pois estes animais têm uma capacidade de aprendizagem e obediência, que a maioria das pessoas desconhece.
O cão é um animal muito inteligente, que devidamente ensinado pode ser uma mais valia para o homem e até mesmo para a humanidade.
Ao querermos que o nosso cão aprenda, nunca lhe devemos bater quando o ensinamos, porque se o fazemos não será assim que ela vai aprender.Faça sentir o seu animal útil e não se esqueça de o recompensar.
Querer bem ao seu companheiro de quatro patas não é deixá-lo fazer o que lhe dá na real gana, nem instigá-lo a atacar, nem sequer por graça. Precisa de regras estritas, de equilíbrio, de disciplina,e então tornar-se-á o melhor amigo do homem, num animal cheio de qualidades e de uma inteligência extraordinário.
Cuidado com os super guardas : são cães que, conforme o tipo de educação recebida, tanto podem ser maravilhosos como terríveis.
Nunca nos devemos esquecer, que se queremos ter um animal de estimação em casa, temos de ter em conta que será mais um elemento da família, que temos de ter condições para que se sinta minimamente bem.
Quando adquirir um animal pense bem. Ele tem sentimentos e necessidades como qualquer um de nós.

quarta-feira, outubro 01, 2008

Amizade


Porque o mar é da cor que nós quisermos, porque a vida nos trás coisas boas e menos boas, porque a Amizade é tudo isto, o riso, o choro, o grito, a dor, a angústia ,o medo, a duvida, a incerteza.

Por tudo isto o homem é capaz de derrubar o que o quer destruir.