sábado, outubro 04, 2008

Dia internacional dos animais.














































Qual o meu espanto, quando hoje ao chegar ao centro comercial para fazer umas compras, deparei com com um cartaz e varias voluntárias da APADO, solicitando aos transeuntes uma ajuda, para que se possa manter o canil em condições dignas.
Em simultâneo e num dos parques de estacionamento, decorria uma mostra de exercícios executados por cães do Canil D"Maria, da G N R e da Base Aérea de Maceda.
Foi um espectáculo digno de ser visto, pois estes animais têm uma capacidade de aprendizagem e obediência, que a maioria das pessoas desconhece.
O cão é um animal muito inteligente, que devidamente ensinado pode ser uma mais valia para o homem e até mesmo para a humanidade.
Ao querermos que o nosso cão aprenda, nunca lhe devemos bater quando o ensinamos, porque se o fazemos não será assim que ela vai aprender.Faça sentir o seu animal útil e não se esqueça de o recompensar.
Querer bem ao seu companheiro de quatro patas não é deixá-lo fazer o que lhe dá na real gana, nem instigá-lo a atacar, nem sequer por graça. Precisa de regras estritas, de equilíbrio, de disciplina,e então tornar-se-á o melhor amigo do homem, num animal cheio de qualidades e de uma inteligência extraordinário.
Cuidado com os super guardas : são cães que, conforme o tipo de educação recebida, tanto podem ser maravilhosos como terríveis.
Nunca nos devemos esquecer, que se queremos ter um animal de estimação em casa, temos de ter em conta que será mais um elemento da família, que temos de ter condições para que se sinta minimamente bem.
Quando adquirir um animal pense bem. Ele tem sentimentos e necessidades como qualquer um de nós.

6 comentários:

Nela disse...

HIHIHIHI Cinda. Nem imaginas como gostei de ver este post. A minha gatinha, a Bibi, foi arranjada há nove anos no dia do animal. Estava ali nos jardins de Belém tão fofinha, tão sózinha, que não resistimos e lá veio ela... E cá está ainda.

Também achei imensa graça a teres mencionado a APADO. Quando fundámos a nossa associação, quisemos dar-lhe esse nome precisamente: Associação Portuguesa de Apoio ao Doente Oncológico - APADO e foi rejeitado por já existir a Associação Protectora dos Animais de Ovar.... HIHIHIHI...
Não faz mal; foi por uma boa causa. Acabámos por nos chamar Projecto Luz e acho que foi uma boa troca.

Que curioso teres falado nisso.

Paula disse...

Passei por aqui, através do blog de uma amiga, gostei da sua força,adorei a referência aos animais, eu ando muito preocupada com uma gatinha que me adoptou, teve os gatitos no meu terraço, na 5ª feira e desapareceu, os pequenitos têem estado a ser alimentados pela avó, que já me tinha adoptado há uns 5 anos,mas amanhã tenho que comprar o leite de substituição, pois telefonei ao
vet. e ele disse que é melhor "ajudar" a avó. Estou preocupada pq sei que a gata não está bem, até já tenho ali os medicamentos para o caso de ela voltar. É por tudo isto que não sei como é possível alguém fazer mal aos animais, ou abandoná-los.O pessoal do SOS animalbem me enviou o mail a dizer que estariam ontem em Belém e no FN do Barreiro, mas eu não quis estar fora de casa , não fosse ela voltar, ontem não pude ir ajudar. E já escrevi um testamento, desculpe.Em comum, pelos vistos tb temos o ser mães galinhas.Bjs e tudo de bom na sua vida, continue com essa alegria de viver.

Querubim disse...

boa noite, duas palavras "são maravilhosos"
Beijinhos

Cinda disse...

Olá Paula. Seja bem vindo quem vier por bem.É verdade os animais são os nossos melhores amigos. Não se consegue entender, porque alguém os abandona, quando eles são incapazes de nos abandonar.
Quanto à galinha...é bem verdade. Sou até demais, o que por vezes não é nada bom.
Só posso desejar que arranjes uma boa maneira de conseguir tratar desses "meninos".
A porta está aberta, podes entrar quando quiseres.
Beijos e uma boa semana.

May Alek disse...

Oi, Cinda.
Adorei ver as fotos dos animais. Tenho um cão e um gato em casa, que são muito fofos e muito amados.
Quanto ao recadinho que deixou no meu blog, demora tanto tempo assim para voltarmos ao normal? você também sentia dor na lombar? qual foi o resultado do seu exame da coluna? ah, há momentos em que tudo parece tão difícil, não?
beijos

Cinda disse...

May, não dá para pensar assim. Temos que ser positivas. Quando fiz o exame à lombar estava tudo bem a nível de metastases, quando fiz a densitometria, aí sim estão os valores muito alterados, tenho muita falta de cálcio e tenho que ter cuidado para não ater nenhuma fractura ou partir qualquer osso.
Agora após dois anos de ter terminado a químio é que estou a começar de voltar ao meu normal.
Vai com calma, sem stress que tudo vai correr bem.
Beijos e tudo de bom. Cá estou para trocar opiniões e informações se necessário.