quarta-feira, janeiro 21, 2009

Rosa e esperança


http://www.youtube.com/watch?v=PaLfDnShEn0


A rosa é uma das flores mais populares no mundo, cultivada desde a Antiguidade. A primeira rosa cresceu nos jardins asiáticos há 5.000 anos. Na sua forma selvagem, a flor é ainda mais antiga. Fósseis dessas rosas datam de há 35 milhões de anos.
Com mais de 100 espécies, e milhares de variedades, híbridos e cultivares. São arbustos ou trepadeiras, providos de acúleos. As folhas são simples, partidas em 5 ou 7 lóbulos de bordos dentados. As flores na maior parte das vezes, são solitárias. Apresentam originalmente 5 pétalas, muitos estames e um ovário infere. Os frutos são pequenos, normalmente vermelhos, algumas vezes comestíveis.
Actualmente, as rosas cultivadas estão disponíveis em uma variedade imensa de formas, tanto no aspecto vegetativo como no aspecto floral. As flores, particularmente, sofreram modificações através de cruzamentos realizados ao longo dos séculos para que adquirissem suas características mais conhecidas: muitas pétalas, forte aroma e cores das mais variadas

Esperança é uma crença emocional na possibilidade de resultados positivos relacionados com eventos e circunstâncias da vida pessoal. A esperança requer uma certa perseverança, acreditar que algo é possível mesmo quando há indicações do contrário.
Exemplos de esperanças incluem ter esperança de ficar rico, ter esperança de que alguém se cure de uma doença ou ter esperança de que uma pessoa tenha sentimentos de amor recíproco.


Este texto é dedicado a todas as mulheres que tiveram, têm e possam vir a ter cancro da mama, acreditem em si próprias, tenham força, para que possam vencer esse monstro.

Rosa pode ser, além de flor, qualquer mulher. Esperança, é a última coisa a desaparecer do nosso pensamento.

5 comentários:

Anastácio Soberbo disse...

Olá Cinda
A esperança não morre e creio ser na realidade a única força que nos move.
As fotos são de Foz Côa, tiradas em Agosto de 2008.
Envio-lhe resmas de saúde da boa e um xi-coração.

Isa disse...

Quem não tem que fazer faz pesquisas... mas eu até te vou perdoar, porque na realidade a rosa e a esperança são a nossa vontade de viver.
És linda e eu gosto muito de ti!
beijinhos Cinda
isabel

Lina Querubim disse...

Lindo Cinda uma beijoka grande!!!!

Lia disse...

Olá Cinda,
acreditar sempre na palavra "Esperança";0)
espero que venhas então para a semana e nos possamos encontrar!Tb quero perguntar-te uma coisa depois ligo!;0)Beijinhos e obrigada pelas palavras lá no meu cantinho.

IsaLenca disse...

Cinda, aqui fica esta informação que saiu hoje no jornal O Aveiro e que é bem interessante e irreverente esta Tuna da Universidade. Grande iniciativa e bonita para se ver, também! :)

"Para ajudar a Liga Portuguesa Contra o Cancro, os Cartolas acabam de lançar um calendário de parede onde os fins-de-semana e os feriados são o menos importante. Vestidos apenas com os instrumentos musicais, e acompanhados por modelos fotográficos profissionais, 12 tunos dão o corpo a cada um dos meses do ano e a mensagens que ajudam a prevenir e a diagnosticar precocemente o cancro. As fotos foram tiradas no Teatro Aveirense e, dizem as vozes femininas, valem por mil serenatas.

O valor da venda do calendário, já disponível no site da Magna Tuna Cartola (www.magnatunacartola.net), reverterá na totalidade a favor da Liga Portuguesa Contra o Cancro. "