sábado, julho 18, 2009

Momentos de terror na cidade de Ovar
















Ontem à tarde, depois de postar as novidades, logo de imediato começou a deflagrar um incêndio, numa das zonas residenciais da cidade. Foi o pânico total entre os moradores das residências e a cidade ficou irrespirável. Só se ouviam as sirenes dos bombeiros e da polícia por todo o lado. Estradas cortadas, pessoas que tentavam chegar às suas casas, para saberem o que se estava a passar. O vento soprava muito forte, o que fazia com que os bombeiros tivessem cada vez mais dificuldade em controlar as chamas.

Foi um cenário terrível. Várias corporações de bombeiros do distrito de Aveiro (cerca de 8)tiveram que intervir, ficando de plantão noite dentro, pois o perigo ainda era grande.

De louvar a população da zona que, prontamente se disponibilizou para ajudar no combate às chamas, sem pensar nas consequências que dai podiam advir. Felizmente apenas arderam árvores e mato, graças ao combate atempado.
Fica a minha dúvida, no meio de toda esta tragédia. Dois dias antes, já tinha ardido, em muito menor dimensão, uma área junto desta. Será que alguém, provido de uma enorme irresponsabilidade se anda a dar ao trabalho de brincar com a integridade e a vida das pessoas??? Vamos passar a ter mais cuidado com as atitudes que tomamos, a respeitar mais a regras que nos são atribuídas, já não digo impostas, para que possam pensar melhor nas atitudes que tomam.
Vamos preservar, o que ainda vamos conseguindo ter, dado pela natureza.


Deixo-vos com algumas das fotos, tiradas pela minha filhota, que se misturou com os bombeiros, e os demais colaboradores, tal a paixão pela fotografia.




10 comentários:

Alda disse...

Cinda, eu e o Zé Manel vimos as imagens na TV e reconhecemos o local. Que pena que isto aconteça!
Deve ter sido um sufoco!
Beijinhos e bom semana!

Manela de Alcobaça disse...

Cinda
Sem pretender ser insensível à tragédia, que deve ter sido grande,assim como a aflição das pessoas, deixa-me dar os parabéns à fotógrafa. Fotografias excelentes!!Até para mim que não percebo nada da matéria.
Então o mail???? Já não há? Ou és como a outra que não percebe nada de tics. Querem ver que tenho que te ensinar a enviar mails(!!???)
Beijinhos

Nela disse...

A Tua filha é tão esgroviada como tu! Oh Ny, que é isso de andar ali no meio das chamas???? As fotos estão um espectáculo, mas cuidado com isso...

Olha, a Tia do Baça!!! Estás boa? Já voltaste de Paris???? Tenho saudades.

Jocos

Anónimo disse...

Ola Cinda

Se a fotógrafa estava com os bombeiros estava mais do que segura.
Palavra de comandante.

Beijos do Paulo e da Teresa - Mesão Frio.

Cinda disse...

Paulo se o dizes, eu acredito.
Foi uma tarde de terror. Quando vierem cá mostro o resto das fotos que foram só 500.
Esta rapariga não tem assunto...mas a culpa também é da mãe que anda atrás dela.
Beijinhos para vocês e uma boa semana.
Cinda e Ny.

IsaLenca disse...

É um espectáculo assustador mas com a sua beleza. Mas não sou piromaníaca!
Pena é que quando vem o calor...lá vão mais uns tantos hectares de floresta. Descuido mas também muitos provocados.
Bos semana! Bjs

Lina Querubim disse...

Olá Cinda
é tão triste ver o nosso Portugal a perder as suas matas e serras. O nosso pulmão que tanta falta nos faz...e a aflição das pessoas com as suas casas tão perto das chamas :( a tua filhota que tenha cuidado!
Beijokas e espero que a tua mamoka esteja nos trinques :P

Gatapininha disse...

Oi Cinda
Que horror!
Eu acho que isto acontece por falta de castigo àqueles que se divetem em ver o pais arder e aos que pagam para isso. A maioria dos fogos não são acidentais!

jokas grandes

May Alek disse...

Cinda, deve ter sido mesmo um horror ver as chamas se alastrando, invadindo a mata. Ainda bem que não houve feridos e mortos.

Sua filhota é mesmo corajosa e
tirou ótimas fotos!

É bom saber que a mamoca cresce e que você está bem. Tenha uma ótima semana! (Estou curiosa: que convite é esse?)
Beijos

de Bizet disse...

Olá Cinda,
acho que me lembro de ter passado nesse local, quando fui aí.
Infelizmente dasse cabo de tudo.
Como estás?
Um abraço grande, para vocês.
Carmen.