quinta-feira, agosto 13, 2009

À Menina dos olhos cor de água

Esse TGV vai chegar e vais embarcar numa viagem em que vais resistir a todas as intempéries que ela te vai trazer. Umas mais leves outras menos, mas vão sendo vencidas passo a passo.
Cada minuto passado, cada hora, cada dia, vai sendo a vitória, de quem por outra tempestade já passou. Por vezes chego a pensar, porque razão isto acontece. Será que estamos a ser postas à prova? Mas porquê? O que temos de tão bom ou tão mau, para que sejamos aprovadas desta forma?
Não falo de cor, pois a vida já me pregou várias partidas. Todas foram vencidas e continuarei a lutar, para mais vencer, se assim ela me ditar.
Chorei, gritei, disse palavrões, revoltei-me contra tudo e contra todos, mas de nada resolveu. A vitória somos nós, o nosso querer mais, do que quem nos quer mal ou bem. A mão, o braço, o abraço, está aqui sempre que for necessário. Não são precisas palavras, basta apenas um olhar ou um abraço.
Para tod@s, um abraço muito apertadinho, e um muito especial, para a Nicha.

4 comentários:

Nela disse...

Eu sei que a Nicha não vai dar com este blog (é tótó...) e, por isso, deixo eu aqui, em nome dela, o agradecimento pelo post e uma resma de beijinhos.

Lina Querubim disse...

ihihhihii Nela sua malvada!!!!
Beijinhos de solidariedade para a Nicha e estamos aqui! ;)
Beijokas para vcs tb!

Anónimo disse...

Obrigada, Cinda, se é que um tão simples "obrigada" é suficiente para tanto apoio.

E, para que conste, por aqui se prova que a "minha pessoa" é que é lerda. Dei com o blogue, ou não?

Beijinhos
Nicha

May Alek disse...

Olá, Cinda!
Há quanto tempo não nos falamos...
Fico contente por saber que você está bem, cheia de atividades e rodeada de amigos.
Um beijão.

Um abraço carinhoso para a Nicha.