sexta-feira, agosto 21, 2009

Paula Amorim partiu, após, mais de três anos de Luta Titânica

"Chama-se Paula Amorim, tem 49 anos, é natural de Arcos e Valdevez e é também mais uma vítima do cancro. A sua experiência pessoal com uma das doenças mais temidas da actualidade está agora descrita num livro, intitulado Luta Titânica - Eu e o Cancro. A obra retrata toda a experiência de Paula Amorim desde que, a 21de Dezembro de 2005, lhe foi diagnosticado um carcinoma nos ovários em estado muito avançado. Chegou a fazer seis horas diárias de quimioterapia, e foi-lhe inclusivamente dado um prazo de sobrevivência de seis meses. No entanto,com muita força de vontade, conseguiu combater a morte e, hoje em dia, a doença que lhe mudou a vida, está em fase de remissão. Paula Amorim diz que decidiu escrever a sua experiência não só para dar m novo ânimo a todos quantos lidam com o cancro, mas também porque as receitas vão reverter a favor das crianças internadas no IPO do Porto.
Um dos momentos que está retratado neste livro foi aquele que, de acordo com Paula Amorim, foi o pior dia da sua vida, o dia em que lhe diagnosticaram um cancro. Portadora e uma força notável, Paula Amorim encara agora a vida de uma forma diferente e, embora não totalmente curada, garante que vai dar continuar a dar luta ao cancro. Histórias que
podem ser lidas no livro ;Luta Titânica - Eu e o Cancro."

Este texto foi retirado de um fórum sobre Arcos de Valdevez, terra natal de Paula Amorim.
Hoje fiquei muito triste, quando tomei conhecimento da sua morte. Já várias vezes lhe tinha telefonado sem nunca obter resposta, assim como dos emails, que habitualmente o fazia.
Dizia que estava um bocadinho menos bem, mas nunca pensei em tanto. Paula deixou-nos em Março deste ano, mas vai ficar sempre no coração de quem a conheceu e até de quem só ouviu a sua voz.
Paz à sua alma.