sábado, agosto 08, 2009

Raul Solnado, o homem que me fez chorar com o riso e por quem hoje choro.


Morreu o actor Raul Solnado

O actor Raul Solnado morreu hoje às 10h50, aos 79 anos, na sequência da evolução de um quadro clínico Cardio-Vascular grave, informou a Direcção Clinica do Hospital de Santa Maria, em Lisboa.Raul Augusto de Almeida Solnado nasceu em Lisboa a 19 de Outubro de 1929. Entrou no mundo do teatro em 1947, enquanto actor amador, no Grupo Dramático da Sociedade de Instrução Guilherme Cossul.Mais tarde, em 1952, profissionalizou-se e começou a construir uma carreira como artista de variedades e teatral, não pondo de lado a sua via humorística na rádio e na música.Em 1960 adapta para português um sketch do espanhol Miguel Gila - "A Guerra de 1908" - e, em 1961, interpreta-o na revista "Bate o Pé", no Teatro Maria Vitória em Outubro de 1961.A sua passagem pela televisão ficou marcada pelos programas "Zip Zip", "A Visita da Cornélia" ou ainda "O Resto São Cantigas".Pelo seu contributo, Raul Solnado recebeu, a 10 de Junho de 2004, a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique.Até à sua morte foi director da Casa do Artista, em Lisboa, instituição que fundou em 1999 juntamente com outros actores.

Paz à sua alma.

4 comentários:

IsaLenca disse...

Foi um Grande Senhor do teatro. O seu nome será para sempre relembrado como uma das figuras Portuguesas que marcaram um estilo de teatro, uma época - um Sr que eu gostava imenso de ver.

Nela disse...

Era, de facto, uma grande figura da nossa cultura. Mas acho que o destaco, principalmente, como uma BOA PESSOA. Era um homem de princípios, com amor e condescendência.

Lina Querubim disse...

*

Natty disse...

O Sr. Raul Solnado, era sem dúvida um grande SENHOR, que DEUS o acolha num bom lugar, onde possa estar bem perto de todos que o AMAM. PAZ á sua alma.
Natty