quinta-feira, julho 29, 2010

Por vezes é preciso parar para refletir e reajustar a nossa realidade

Uma semana depois, volto novamente ao meu espaço de histórias reais.
Tenho andado atenta a todas as escritas que por aqui vão passando, umas mais outras menos animadoras, mas são realidades que por vezes não queremos aceitar.Não tenho comentado, apenas tenho lido e feito comparações na minha cabeça. Ao fim de quatro anos da descoberta do bicho, parei para pensar e fazer um balanço. As adversidades da vida também nos podem trazer coisas boas e por vezes não as aproveitamos. Na realidade estes últimos tempos, um pouco mais stressantes, levaram-me a pensar um pouco mais em mim e a olhar um bocadinho mais para o meu umbigo.
Nestes quatro anos, vivi mais a existência da minha filha. que em todos os anos anteriores. Levei-a à escola e às actividades, fomos juntas ver o mar, pude chorar tudo o que escondia, partilhar sentimentos que até ao momento eram quase impossíveis por falta de tempo, pois vivia demasiado para o trabalho.
Foi uma semana menos boa, porque me fez pensar em muita coisa do passado e do presente que me apoquenta: o trabalho que ainda não sei como o vou encarar ou não, a ida do meu tesouro para a faculdade, olhar para os meus pais e lembrar dos meus avós, começar a ver que alguns amigos não são o que eu pensava, um montão de coisas mais e menos boas.
Ontem, alguém me disse que as pilhas duracell duram um pouco mais que as outras, mas que o coelhinho também começa a andar mais devagar. Nessa altura, acreditem que me lembrei das palavras de algumas de vós e desatei a rir. A realidade é mesmo essa. Para quem é sábio na matéria, sem não me conhecer, acertou em cheio...
Ora bem, vamos ao que interessa. Já estou fixe, sou a mesma Cinda que vocês conhecem e hoje começa a grande Viagem Medieval.
Este fim-de semana vou ter por cá algumas das nossas amigas e para o próximo, mais outras tantas. Deixo aqui o convite para visitar Santa Maria da Feira nesta altura e entrar na época dos Afonsinhos. Pequenos
e graúdos têm a possibilidade de desfrutarem de coisas que só naquela época existiam.

11 comentários:

Cristina Simões disse...

cindaaaaaaaaaa risos.....que saudades de ti.........
beijocas doces

Gatapininha disse...

Olá Cinda
Boa festa medieval.
Diverte-te:)

jokas

Lina Querubim disse...

Olá Cinda, estás no momento de reflexão fazes bem. Nem sempre é bom de aceitarmos a realidade ou a verdade, tentamos tapar o sol com a peneira até que...um dia assim acontece!
Mas como dizes as pilhas vão se carregando :o) e aqui estás de novo!!!
A festa deve ser gira,por acaso nunca fui mas quando houver uma mais perto a ver se vou!
Beijinhos e diverte-te!!!

IsaLenca disse...

Fizeste bem em olhar para o umbigo: !"ajuda sempre a discernir se ele está ainda no mesmo local, se não há alguma hérnia a querer saltar...e há que colocar o dedo na ferida para não deixar descambar totalmente e ser necessária uma intervenção mais profunda."

"Temos por vezes que deixar cair a ponta que está seca para renovar tudo o resto e refazer e/ou melhorar o que ainda está a tempo de ser salvo"

Os "murros" no estômago "tiram o fôlego" até ao lutador mais forte. O bom é dar mesmo a volta por cima, recarregar e andar para a frente. Há muita coisa boa e nova para agarrar com as "pilhas" todas.

Irra...deve ser deste calor...que faz derreter e trás ao de cima aquilo que nos vai no inconsciente.
Até eu ando meia derretida...

Mas agora um final de semana em cheio- e espero que bem disposto, vem a caminho. Toca a usufruir dele e a ganhar forças para o que ainda está para vir.

Porque, dizem por aí umas amigas/os "O Melhor? O Melhor ainda está para vir!"

Bjs

sonia disse...

Olá Cinda,

Já tinha saudades suas,
quando a conheci...adorei as suas gargalhadas e a sua boa disposição!
Entendo que todos nós precisamos de momentos de reflexão,principalmente pessoas como nós,(pois eu tb era assim)que viviam demasiado para o trabalho. Agora aprendi a estar sempre em primeiro lugar,(talvez pq não tenho filhos), antes raramente acontecia.Mas uma coisa é certa:
gosto muito mais de mim,dos outros e sobretudo de VIVER,do que antes.
Estou aqui a escrever isto,e,nem sei se lembra-se de mim!!

Beijinhos
de alguém que gostou muito de a conhecer

Cinda disse...

É verdade Lina, por vezes tentamos tapar o que está bem à mostra, até um dia!!! Mas estou óptima e com vontade de brincar e de umas boas gargalhadas.
Isalenc o calor está fazer-te derreter o que por vezes é muito bom. o fim de semana vai ser do melhor, porque ainda agora estou a chegar da abertura da feira e está maravilha.
Sóninha, eu lembro-me muito bem de ti. A menina mulher que tanto nos queria em Portimão e nos foi ver a Faro. As minhas gargalhadas estão iguais, talvez até mais fortes.
Cristina espero que tudo esteja a correr bem com a nova mamoca e já são muitas a saudades de um novo almoço.
Sandra. para quando uma visita aqui ao Norte??? Estou à espera para umas tardes de conversa e voltar a ver as tuas pulguinhas.
Beijocas grandes para todas.

Nela disse...

Maria Laurinda, queres que te devolva um mail que me enviaste há uns tempos?
Vá, Miga, não somos de ferro...!
Bjufas

Anónimo disse...

Um abraço.
Carmen.

imel disse...

Um beijinho Cinda!

IsaLenca disse...

Menina....inspira-te e tem um bom início de semana, sem tanta agitação... cá ficamos a aguardar notícias!

Bjs

Gigi disse...

Amiga,

é normal depois dos acontecimentos, fazermos uma reflexão.

é assim contigo, comigo e com muita gente.

Mas depois, os dias passm e nós ganhamos novas energias.

beijoquinhas grandes.