quarta-feira, abril 25, 2012

Eu vou continuar a acreditar

Trinta e oito anos depois, de um 25 de Abril com cravos e conquistas de liberdades, eu quero continuar a acreditar, que ainda há esperança de termos uma vida melhor. Viva o 25 de Abril.

Amores de quatro patas

Já é de madrugada. O sono não se faz aparecer, porque a preocupação é demasiada e os sentimentos misturam-se com a dor de ver sofrer a minha...