terça-feira, novembro 11, 2008

Quem espera desespera


Estas duas fotos têm diferença de de cinco horas, sendo o local o mesmo.

Hoje estou em dia de reclamação. Parece que vivemos num País de Terceiro Mundo.
Pois resolvi postar a reclamação que fiz esta tarde para várias instituições responsáveis pela saúde no nosso País. Lamento que não haja muitas Mafaldinhas como eu. Aqui vai........
Exmº. Sr. Presidente da Câmara Municipal de Ovar : Dr. Manuel Alves de Oliveira
Sr. Vice Presidente : Dr. David Almeida
Sr. Vereador : Prof. José Américo

Tomei a liberdade de lhes enviar este mail, para que, tomem conhecimento da revolta dos utentes do Centro de Saúde de Ovar.Como será certamente do vosso conhecimento, a unidade de saúde de Ovar vai abrir uma extensão de saúde na freguesia de S. João de Ovar e para tal está a chamar todos os utentes do concelho para actualizar o ficheiro.Contra esta situação nada haverá a contestar, só que, essa actualização implica todos os utentes, independentemente da freguesia e do médico de família. Esta é a nossa revolta, porque a nosso ver, nesta altura, apenas deveriam ser chamados os utentes da freguesia de S. João e os utentes dos médicos que para lá são transferidos.Ainda mais, a carta que recebemos, dá-nos um prazo de 8 (oito) dias para efectuarmos a actualização, com um horário de 5 (cinco) horas diárias e num tom ameaçador que passo a citar na integra:A partir desta data limite, os utentes que não tiverem efectuado a confirmação, serão distribuídos pelos Médicos de Família de acordo com a capacidade existente nos respectivos ficheiros. Gostaria de ser informada se esta situação é legal, continuando eu a residir na mesma morada e o meu médico de família não se ausentar deste Centro de Saúde. Se é, qual o decreto que a regulamenta? São horas de espera intermináveis, cerca de 7 (sete) horas de fila de espera, o que me parece incomportável para uma pessoa normal, quanto mais para pessoas idosas, na sua maioria.Este descontentamento, já veio a público através da Comunicação Social , nomeadamente no Correio da Manhã e na RTP , e infelizmente já foi necessária a intervenção da PSP.Será que efectivamente todos os utentes terão que se deslocar ao centro de saúde nesta altura? Ou esta actualização poderá ser efectuada gradualmente, sendo apenas necessário neste momento a confirmação dos utentes da freguesia de S. João e dos Médicos que vão ser transferidos? Venho apelar para que algo seja feito, para que esta situação não prejudique ninguém.Mais informo, que este mail foi enviado para as seguintes entidades:Departamento de Saúde Pública e Planeamento, Equipa dos Cuidados de saúde Primários,Equipa de Coordenação Regional da RNCCI, Gabinete do Cidadão,Alto Comissariado da Saúde e Observatório Português dos Sistemas de Saúde.
Desde já agradeço a vossa atenção e aguardo, respeitosamente uma resposta.

Lucinda Maria Pinto de Almeida

7 comentários:

Nela disse...

É assim mesmo, Maria Laurinda! Ganda mulher!
Eu cá estou sempre nessa... Calar é que não pode ser.

Isa disse...

Não podemos calar certas aberrações.
A saúde neste momento, está a ser muito mal tratada, e quem sofre é quem a não tem.
O tom abusivo e agressivo com que somos tratados faz com que muitas pessoas, especialmente a menos instruidas, se remetam ao silêncio, desconhecendo o seu direito à indignação e reclamação.
É assim mesmo Lucinda, ensina-os e pede explicações, para ti e para o bem dos outros.
Bjos
Isabel

Anónimo disse...

Oh Cindinha! não resisto a comentar pois não sei se sabes que no Jornal CM de domingo (dia 9)vem uma notícia que eu li e aliás ainda tenho esse local de jornal na minha posse, em que o Sr. Director do Centro de Saúde, Dr. Manuel Duarte Sebe, diz textualmente:... não vale a pena as pessoas irem para o centro de saúde às 04.00 h da manhã, porque esta reorganização de ficheiros só termina dia 15 de Dezembro.
Ora se na carta que enviou, julgo eu que óbviamente, a todos os subscritores, pede a comparência dos mesmos entre o dia 7 e 15 de Novembro, num horário muitíssimo restrito, pois trata-se de um horário fora do expediente normal. Assim sendo, o tal do Dr. SEBE só pode ser uma pessoa totalmente irresponsável, com tanta incongruência, pois nem sequer verificou o teor da carta, assinando de cruz...
Valha-nos Deus, com tanta asneira desta gentalha que vive á nossa custa, e não fazem nada...de jeito, pois eles são "nossos empregados", a quem pagamos muitíssimo bem ! Mas parece que ainda não refectiram sobre isso.Bjs.

tia, armanda

Cinda disse...

Olá Tia...que fixe teres feito o comentário. Pois fica sabendo que já obtive respostas de altos responsáveis da saúde, que me informaram da ilegalidade da situação, assim como também me apoiaram e me deram mais indicações de como e a quem me dirigir directamente.
Enfim .....parece que estamos num País de terceiro mundo.
Beijocas

Anónimo disse...

Pois, claro que a situação é ilegal e esse tal do Dr. Sebe o tal do Director... tal Arquimedes, um dia acordou e descobriu brilhantemente, a fórmula para a tal da reorganização dos tais ditos ficheiros e disse Eureka!!!!!
E assim se instalou o "caos" no Centro de saùde de Ovar.
Mais te digo que não tencionava pôr lá os pés e agora muito menos, só quando reinar a calmaria no pedaço.
Entretanto talvez lhe escreva uma cartinha de... desamor.

Bjs.
tia, armanda

Querubim disse...

Boa noite Cinda, sei que andas ocupada com esta coisa da Saúde aí na tua terra infelizmente não se passa só por esses lados é no país todo pena que não haja muitas Cindas!!!!
Beijokas

IsaLenca disse...

Então hoje ou amanhã sempre vai haver algo? Espero bem que sim. Como já disse, fazes muito bem! A mior parte das pessoas fala,fala.fala e não diz nada ou não faz nada. Como disse a Querubim devia haver mais Cindas!!
Força aí! Bjs