terça-feira, dezembro 31, 2019

Balancear

  1. Voltar ao blogue não foi fácil! Foram várias as tentativas e até cheguei mesmo a pensar em encerrar. 
  2. O ano que hoje acaba foi menos agradável a muitos níveis. Muitas perdas de amigos e conhecidos, que o cancro vitimou. A saúde foi tramada e também não ajudou nada a superar os estados de espirito menos agradáveis. A minha inseparável Amiga de quatro patas partiu em Agosto, com quinze anos e meio, deixando o vazio na casa e na alma. Os pais vão envelhecendo e a vida vai sendo cada vez mais lenta e muito se põe em causa. É tramado.
  3. Mas há que ter esperança, porque a vida continua. A filha está bem, a realizar o seu trabalho e a ser reconhecida. A casa voltou a ganhar vida com a vinda da Lua, a nova amiga canídea e as escolhas para 2020, penso que serão as mais acertadas para que me possa sentir melhor . 
  4. Há que acreditar num Mundo melhor e fazer as escolhas certas, nas horas certas, com as pessoas certas, não deixar nada por dizer bom ou mau, ser honesto e principalmente sincero. 
  5. Por aqui vou continuar sempre com muita Vontade de Viver.

terça-feira, abril 09, 2019

Amores de quatro patas

Já é de madrugada. O sono não se faz aparecer, porque a preocupação é demasiada e os sentimentos misturam-se com a dor de ver sofrer a minha amiga incondicional.
São 15 anos de muita meiguice, cumplicidade e fidelidade, que só um ser como este consegue ter.
Tudo o que possa fazer para minimizar o que possa vir a sofrer, não sei se é o suficiente e também não sei se é isso que ela quer. Tento acalma-la para que a tosse e a respiração seja mais leve, mas em simultâneo lambe me as mãos, com muito carinho, pedindo proteção.
Não têm sido fáceis estes últimos meses, mas os últimos dias estão a ser demasiado violentos para ambas. Neste momento não sei o que será melhor ...as lagrimas escorrem me na cara, tentando aliviar a dor que vai no coração.

Balancear

Voltar ao blogue não foi fácil! Foram várias as tentativas e até cheguei mesmo a pensar em encerrar.  O ano que hoje acaba foi menos ...