sábado, janeiro 03, 2009

KEFIR: o elixir da vida


Aqui vai mais uma dica, para os defensores, dos produtos naturais:

O kefir é originário das montanhas do Cáucaso, onde é feito há séculos, utilizando principalmente o leite fresco de cabra e vaca. Os habitantes desta região bebem diariamente kefir, desde a nascença, como se fosse água, e fazem dele uma refeição normal. Chegam a atingir uma média de aproximadamente 110 anos de vida (em 100 mil habitantes existem 48 centenários, saudáveis!). É um povo que conhece bem os efeitos benéficos do Kefir.Felizmente, a cultura do kefir resistiu à passagem dos séculos e foi difundida por todo o mundo.O kefir é um produto obtido através da fermentação do leite. O seu sabor agridoce e refrescante, bem como a textura cremosa, são semelhantes às bebidas de iogurte ou ao próprio iogurte natural.Tanto o kefir como o iogurte são produtos fermentados, feitos a partir do leite. A diferença reside nos vários tipos de bactérias benéficas utilizadas. O iogurte contém bactérias benéficas transitórias que mantêm o sistema digestivo "limpo", e fornecem alimento para as bactérias benéficas que aí habitam. O kefir consegue mais do que isso: ele coloniza também o tracto intestinal com bactérias benéficas.
Existem grupos de bactérias no kefir, que não são comuns no iogurte, como o Lactobacillus caucasus, Leuconostoc, e espécies de Acetobacter e Streptococcus. O kefir contém também leveduras benéficas como as Saccharomyces kefir e Torula kefir, que dominam, controlam e eliminam as leveduras patogénicas presentes no organismo.O kefir é feito a partir de grãos brancos ou amarelados, de consistência gelatinosa, chamados vulgarmente grãos de kefir (e muitas vezes, erradamente, de "flor de iogurte"). Estes grãos são formados pela associação duma bactéria com uma levedura, e têm o aspecto de pequenos bocados de coral ou couve-flor. Podem ser do tamanho de um grão de milho ou de uma noz. Os grãos fermentam o leite, incorporando as suas bactérias e leveduras benéficas no produto fermentado. Os grãos são removidos, através de um coador de rede, e antes do consumo do kefir, é-lhes adicionado mais leite, para nova fermentação.
O kefir pode ser feito a partir de qualquer tipo de leite (vaca, cabra ou ovelha, soja, coco ou arroz).Os benefícios de incluir regularmente kefir na dieta são inúmeros. É um alimento facilmente digerido que elimina dos intestinos as bactérias e leveduras prejudiciais, e aumenta a população bacteriana benéfica e protectora. Dado o seu equilíbrio e valor nutritivo, o kefir contribui para um sistema imunitário saudável e já foi usado, com sucesso, para ajudar pessoas que sofrem de sida, síndroma de fadiga crónica, cancro e herpes. O seu efeito tranquilizador do sistema nervoso beneficia muitas pessoas que sofrem de depressão, distúrbios do sono, entre outras.
O consumo regular de kefir pode ajudar a aliviar distúrbios intestinais ,como a prisão de ventre, aumentar os movimentos peristálticos do intestino, reduzir a flatulência e melhorar de uma forma geral todo o sistema digestivo.O efeito de "limpeza" que exerce em todo o corpo, ajuda a estabelecer o equilíbrio do ecossistema interno, permitindo uma óptima saúde e aumento da longevidade.
Para além das bactérias e leveduras benéficas, o kefir contém nutrientes importantíssimos como proteínas de elevado valor biológico, que com os seus aminoácidos essenciais, ajudam o corpo a manter e reparar as suas funções e estrutura. As proteínas do kefir são parcialmente digeridas e, assim, mais facilmente utilizadas pelo organismo. O triptofano, um dos aminoácidos essenciais abundantes no kefir, é conhecido pelo seu efeito relaxante do sistema nervoso.
A abundância em cálcio, fósforo e magnésio é outra das características do kefir, como de todos os produtos derivados do leite.O kefir é rico em vitaminas do complexo B, de onde se destacam a vitamina B12, B1 e biotina, e em vitamina K.Para quem gosta do sabor um tanto ácido, embora levemente adocicado, o kefir pode ser bebido simples, ao natural. Quem não aprecia a acidez pode juntar um pouco de mel. É também muito saboroso misturado com sumos de fruta ou em batidos de

11 comentários:

Alda disse...

Cinda, eu bebo Kefir todos os dias...
Já à dois meses e sinto-me muito bem! Nas próximas análises é que se vai ver! Quem quizer a flor de Kefir, eu tenho muitas para dar!

Beijinhos

Cinda disse...

Minha querida eu ando à procura faz tempo. Agradeço que me possas dar.
Beiojocas amanha falo contigo.
Beijocas grandes.

Paula disse...

Alda kerida
Eu gostava de experimentar beber já bebi mas era mais nova e n gostei mas como com os anos vamos modificando o gosto,kero experimentar outra vez
Das-me uma flor?sei k dás.

Mil beijos

Carmen ( de Bizet ) disse...

Olá Alda!
Podes arranjar-me uma coisa dessas ?
Ando com tanta piquinhices de saúde , que seria bom experimentar.
Um abraço par a ti e para o Zé.

E tu, minha menina, como vais?
O cabelo curto fica-te bem.
Uma bjoca para ti e para a Margarida.
Fiquem bem.
Carmen.

Lina Querubim disse...

Olá Cinda a filhota melhorou???
Ó Aldinhaaaa é melhor abrires uma banca porque todas vão querer :) eu tb queria ...;) não sei como ir buscar caso me dês claro, mas vou arranjar uma forma :) Beijos a todas

Cinda disse...

Isto é que vai ser distribuir pelo pessoal!!! Meninas, o KEFIR é um óptimo desintoxicante. Já há muito que ando à procura, porque não se vende, é passado de pessoa em pessoa. Ainda bem que decidi partilhar com todos este texto, pois assim vamos ter a possibilidade de o conseguir e certamente mais alguém poderá obter.
O KEFIR tem uma reprodução rápida, daí ser possível patilhar com outras pessoas.
Mas tomem atenção, que não é para se tomar durante muito tempo, três meses, fazer análises e se necessário passados alguns meses.
Se precisarem de mais esclarecimentos eu dou hihihihi.
Beijocas e uma boa semana.
Lina a minha filhota já está melhor, mas diz que tem muita fome. Só hoje é que já começou a comer sólidos e apartir de amanhã uma alimentação normal (dieta) cozidos e grelhados.

Lina Querubim disse...

Existem pessoas em nossas vidas que nos deixam felizes pelo simples fato de terem cruzado o nosso caminho. Algumas percorrem ao nosso lado, vendo muitas luas passarem, mas outras vemos apenas entre um passo e outro. A todas elas chamamos de amigo.

Há muitos tipos de amigos.
Talvez cada folha de uma árvore caracterize um deles.
O primeiro que nasce do broto é o amigo pai e o
amigo mãe. Mostram o que é ter vida.
Depois vem o amigo irmão, com quem dividimos o nosso espaço para que ele floresça como nós.

Passamos a conhecer toda a família de folhas,
a qual respeitamos e desejamos o bem.
Mas o destino nos apresenta outros amigos, os quais não sabíamos que iam cruzar os nossos caminhos. Muitos desses denominamos
amigos do peito, do coração.
São sinceros, verdadeiros; sabem quando não
estamos bem, sabem o que nos faz feliz...

As vezes, um desses amigos do peito estala o nosso coração e então é chamado de amigo namorado. Este dá brilho aos nossos olhos, música aos nossos lábios,
pulos aos nossos pés.

Mas também há aqueles amigos por um tempo, talvez umas férias ou mesmo um dia ou uma hora. Estes costumam colocar muitos sorrisos na nossa face, durante o tempo que estamos por perto.

Falando em perto, não podemos esquecer dos amigos distantes. Aqueles que ficam nas pontas dos galhos, mas que quando o vento sopra, sempre aparecem
novamente entre uma folha e outra.

O tempo passa, o verão se vai, o outono se aproxima, e perdem algumas de nossas folhas.
Algumas nascem num outro verão e outras permanecem por muitas estações. Mas o que nos deixa mais feliz é
que as que caíram continuam por perto, continuam alimentando a nossa raiz com alegria.
Lembranças de momentos maravilhosos
enquanto cruzavam o nosso caminho.

Desejo a todos vocês, folhas da minha árvore,
Paz, Amor, Saúde, Sucesso, Prosperidade...
Hoje e Sempre...
Simplesmente porque:
Cada pessoa que passa em nossa
vida é única. Sempre deixa um pouco de si
e leva um pouco de nós.

Há os que levaram muito,
mas não há os que não deixaram nada.
Esta é a maior responsabilidade de nossa vida

E é a prova quase evidente de que
duas almas não se encontram por acaso."

bjsssssssssss

Isa disse...

Olá Cinda!
Eu já tomei kefir durante algum tempo, tomava todos os dias em jejum.
Qualquer dia volto a experimentar.
Beijinhos
Isabel

Alda disse...

Já sei vou montar uma banca!...Hehehe
Tenho flores para todas,reproduzem-se tanto que às vezes tenho que as deitar fora... Mas também se podem comer!
Também as como mas não dou vencimento...

Diana disse...

Olá!
Li o seu artigo sobre o kefir e gostava de saber se me podia dar ou se conhece alguém que me dê. Ficava-lhe muito grata pela ajuda.
Obrigada.
Diana

Anónimo disse...

Eu querooooooooooooooooo!

Por favor, eu quero Kerfir. quem pode me ajudar!!

Fiquem com Jesus!
Beijocas a todos.

Gerson

Rio