quinta-feira, novembro 19, 2009

Comunidade de Taizé

A vida na comunidade foca a oração e a meditação cristã. Jovens de todo o mundo visitam Taizé todas as semanas para integrar na vida da comunidade.
Taizé germinou um estilo único de música contemplativa que reflecte a natureza meditativa da comunidade. A música de Taizé foca frases simples, usualmente linhas dos Salmos ou outro pedaço da Escritura, repetidas e algumas vezes cantadas em cânone.. O intuito da repetição é o de ajudar na meditação e na oração. Mais sobre a música e oração de Taizé pode ser encontrado no site da comunidade.
No coração de Taizé encontra-se uma paixão pela Igreja. É por essa razão que a comunidade nunca quis criar um "movimento" ou organização centrada em si mesma, mas sim enviar o jovem de volta dos encontros para a sua Igreja local, para a sua paróquia, grupo ou comunidade, para realizar, junto com muitos outros, a "peregrinação de confiança na terra". Em muitos locais ao longo do globo, orações ecuménicas que usam as músicas de Taizé são organizadas por gente, novos e velhos, que estiveram em contacto com a comunidade. Estes tempos de oração são muito variados e integram de forma apropriada na vida da Igreja local.

O programa de um dia normal dos encontros de jovens:
Oração da manhã
Café-da-manhã
Reflexão bíblica nos grandes grupos orientado por um dos irmãos
Reflexão em pequenos grupos de discussão
Oração do meio-dia
Almoço
Ensaio de cânticos (opcional)
Tarefas regulares
Workshops temáticos
Lanche
Jantar
Oração da noite

Certamente estarão interrogados porque estou a postar este assunto. Na verdade, vi-me confrontada com uma situação que me espantou. A minha filhota, já desde muito pequena, sempre disse que gostava de fazer voluntariado. Neste momento, achou que a forma de se começar a integrar mais nas diversas culturas e na sociedade, foi experimentar as reuniões de jovens, oriundos de várias nacionalidades e religiões, sempre com o espírito de ajuda e de escutismo. Eu já sabia do tamanho do seu coração, mas ontem senti na a menina que eu eduquei, uma mulher consciente e com a certeza daquilo que quer. Aliada à parte científica, em que tanto acredita, a solidariedade fez-se sentir, quando foi pela primeira vez assistir a um encontro da comunidade Taizé na cidade do Porto.

4 comentários:

Nela disse...

Tu tá-me calada, mulher... A tua filha é um anjo e uma mulher crescida. Mas não foi por a teres educado... Foi APESAR DE A TERES EDUCADO!!!

Coitadinha! Eu bem vi o que ela sofre... Até tem quebras de açúcar!

A sério, devo dizer que a Comunidade Taizé me fascina. Ainda há tanto mundo para descobrir e experimentar, não é?!

Mimas disse...

Acho que as nossas filhas se vão dar bem, só ainda não calhou conhecerem-se...

Penso que a minha sogra volta não volta recebe casais e familias estrangeiras dessa comnunidade.

Bjcs e parabéns pela filhota, não há nada mais compensador do que ver os resultados positivos da tarefa tão difícil que é educar, não lhes tirando o mérito que tb merecem!

IsaLenca disse...

Pois claro que sabemos que tens uma filhota especacular! É mesmo verdade- e realmente acho que ela se iria dar bem comm a da Mimas - quem sabe?
Mas é excelente uma Mãe olher co olhos de ver os seus rebentos e sentir que eles são já adultos e ...responsáveis!
Boa semana.

Alda disse...

Sei o quanto deves estar feliz por a Sofia ser uma boa filha, e ter bom coração!
bjs

Passa pelo meu cantinho, tenho uma surpresa para ti!