quinta-feira, outubro 07, 2010

Uma tarde na Ribeira do Porto

Nem o tempo de chuva me demove dos meus planos. Hoje foi mais uma vez a cidade do Porto o meu destino. Depois de uma manhã calma e à beira mar, ter sido interpelada por uma agradável desconhecida e simpática senhora, com a qual marquei um encontro já amanhã. Depois de almoço fui até à minha querida cidade invicta que tantas saudades me trás e onde tenho grandes e bons amigos.
A chuva parou por algumas horas e a bela Ribeira do Porto foi o local eleito para mais uma tarde de conversa, risos e algum corte, com a minha amiga Mané, que algumas de vós já conhece.

Deu para de tudo um pouco. Lanchar, fotografar, mesmo sem cartão na máquina e ir poupando a capacidade da mesma, assistir às praxes dos caloiros de algumas faculdades e em especial à da ESAP, que muitas saudades me trouxe.
O outro lado do rio como fundo da paisagem é no mínimo aprazível e convidativo a umas noite de música e boa comida. Mesmo sendo já Outono, muitos turistas pelas esplanadas assim como a claque da Dinamaraca, já bem bebida e eufórica, uma vez que amanhã há futebol no Estádio do Dragão.

E assim a tarde passou, mas ainda deu para comprar a Máxima de Novembro, onde Rosa Esperança está em destaque na pág 140 e fazer publicidade na viagem de retorno a Ovar, em conversa com algumas pessoas que junto a mim estavam e que também muito de perto estão a viver esta malvada doença.
Foi mais uma das tardes em que muito gostaria de vos ter comigo para poderem usufruir destes tão bons momentos e renovar forças para mais umas semanas.

3 comentários:

Teresa disse...

Isto aqui é sempre a andar! Deves ter uma jazida de energia no teu quintal - pelo que tenho lido deve ser em casa dos teus pais... Estarei certa?
Muitos beijinhos e, sim, sim, ATÉ BREVE!!

Nela disse...

ESTÚPIDA!!! Mil vezes ESTÚPIDA!!!
A minha tarde foi melhor: trabalhei...

Gigi disse...

Que inveja.

As fotos estão lindas.

beijocas.