quarta-feira, março 26, 2008

Um dia para esquecer



Hoje foi o meu 1º dia de fisioterapia na nova clínica, em Espinho. O tratamento foi óptimo, as meninas são super simpáticas,saí da clínica cheia de boa disposição.Esta foi a parte boa, só que quando vinha no caminho para casa, mais uma vez, deram-me cabo do meu carrinho, que ainda à pouco tinha vindo de arranjar.
Parece que alguém me viu, de rabo para o ar.
Vinha calmamente na minha mão, quando uma fulana que estava estacionada, indevidamente no local, abriu a porta e desfez o lado direito do meu carro. Naquele momento só fiquei preocupada com o meu pai, porque estava desse lado. Nunca vi tanto vidro partido, foi cá um susto que nem vos conto.
Para acabar, esteve toda a tarde a chover e a ventar.
O lado positivo. Agora vou passar a andar a pé e lá vou conseguir emagrecer uns quilitos.

3 comentários:

Isa disse...

e a fisioterapia, como correu?eu tb andei mas foi em 2006, acho q ja me fazia bem, fazer outra vez.beijos e tem calma, que o seguro paga isso, o da outra senhora claro.E ve lá se não tens direito a carro de substituição, pelo menos enquanto o teu esta a fazer a reparação.

Sónia disse...

Que chato!! Mas, como tu dizes, há que ver o lado positivo "da coisa"!!Beijinhos

monica roxa disse...

ola amiga deixa la o importante e que estas bem nao te magoaste eu sei e chato ficar sem carro mas enfim as vezes as pessoas sao mesmo assim distraidas mas tudo vai acabar em bem ....fica bem bj da monica...

Balancear

Voltar ao blogue não foi fácil! Foram várias as tentativas e até cheguei mesmo a pensar em encerrar.  O ano que hoje acaba foi menos ...